PISTOLA TAURUS GX4 LANÇAMENTO 2021

.

A taurus lançou a GX4 a pitstola que parece ser a reunião de todos os acertos da taurus num só produto Na live realizada na noite de ontem (dia 26) pelo canal do Youtube do portal Defesa Aérea e Naval (DAN TV), o Presidente da Taurus trouxe a público importantes novidades sobre a empresa e a principal delas é a nova Pistola GX4, que segundo ele será a evolução da família G que atualmente é composta pela G2, G2c, G3 e G3c. Foi desenvolvida no Brasil, mas será fabricada nos EUA e exportada para o Brasil, com lançamento previsto para 2021. Agora vamos discorrer sobre a novidade Será um modelo subcompacto em 9mm Cor preto fosco para corpo e ferrolho Formato do guarda mato igual ao da TX22 Foço do carregador igual ao da TX22, com aquele recorte para travar os dedos e puxar o carregador em caso de pane Tecla de gatilho muito parecida com a TS9 porém sem aquele recorte atrás para a trava de gatilho que fica no guarda mato E se não recorte no gatilho, também não tem a aleta que levanta de trás do gatilho para travar No gatilho tem a já famosa trava passiva, a exemplo da G2C e Glock A lateral do cabo da pistola não tem aquele aspereza muito elogiada no TS9 pelo contrário, essa lateral está lisa em boa parte dela, com apenas umas linhas de desenho  O corpo da Gx4 também lembra muito ao da TX22 com algumas diferenças: Não tem trilho para lanterna Não tem trava ativa para desarme antes de atirar (aquela trava manual)Agora falando do ferrolho, parece que o conjunto de alça e maça não foi herdade da TX22 até porque eles são mais direcionados para campeonatos e por isso a alça tem ajuste e o conjunto em si é protuberante, o conjunto parece ter sido herdado da TS9 que tem um perfil menor e por consequência se encaixa muito bem nessa proposta de porte velado das sub-compactas

O recorte do ferrolho também me parece ter acompanhado o modelo da TS9, pois não é aquela janela ejetora lateral que vemos na TX22 e sim aquela que avança até a parte de cima do ferrolho, ou seja, o modelo mais tradicional  O ferrolho conta com serrilhados na parte de trás e na parte da frente, o que facilita as diversas formas de golpear a pistola Palpite sobre o tamanho do cano Eu diria 3.26” porque como pudemos ver a maioria das pistolas subcompactas tem a dimensão sempre próximo de 3” e porque 3.26” é exatamente a dimensão da G2C que é uma pistola da “família” desse novo modelo
Palpite sobre quantidade de munições no carregador  Eu apostaria em 12 porque no comparativo vemos que é a média de quantidade das pistolas referencia de mercado e porque a empunhadura da Gx4 na foto parece ter mais ou menos o tamanho da empunhadura da G2C que já é de 12 Palpite sobre a ação dessa pistola Aqui eu vou apostar na ação hibrida ou como a própria taurus chama a TS9 “strike fire” Porque é ação mais utilizada em todos os principais modelos referencia nesse mercado de subcompactas e porque a Taurus acertou essa formula na TS9 então não tem porque não apostar nela para o próximo lançamento

Você pode gostar...